Milhares de alunos já visitaram a Assembleia do Paraná

No começo da tarde desta terça feira (09) tive a oportunidade mais uma vez de conversar com alunos das mais variadas idades que, visitam diariamente a Assembleia Legislativa, uma iniciativa da Casa já adotada a algum tempo e que considero da maior importância, pois dá aos alunos e professores a oportunidade de conhecer a nossa Casa de Leis e seu funcionamento.

Segundo a Assessoria de Imprensa do Legislativo, nos últimos 2 anos quase 6 mil alunos de escolas de Curitiba, municípios da Região Metropolitana e de várias outras cidades do interior do Paraná, incluindo a rede pública e privada, já visitaram a ALEP, conhecendo a rotina dos deputados em plenário, votações e a atuação dos parlamentares, através das visitas guiadas adotadas pela Casa nesta administração, e que hoje é um grande sucesso, pois aproxima os deputados dos alunos, professores e funcionários das escolas e dá aos deputados a oportunidade de mostrar seu trabalho, sua rotina tanto em seus gabinetes quanto em plenário.

Desde o ensino fundamental até o superior, mais de 3.000 alunos também estiveram no plenário e acompanharam as sessões nas mais de 200 visitas guiadas, coordenadas pelo Cerimonial da Casa, proporcionando uma conscientização dos alunos de todas as idades e séries sobre política, democracia, voto e cidadania, dando inclusive a oportunidade de acompanhar em plenário como são realizadas as votações e discussões dos projetos que são apresentados.

Apoio o pensamento do presidente Ademar Traiano de que ”a participação destes alunos visitando a Assembleia durante todo o ano pode dar à eles uma conscientização sobre o que é a política”. Além disso os alunos podem começar a partir desse conhecimento, a ver a política com outros olhos e também se interessar em participar do processo político.

Por isso, é importante destacar esses números que vão com certeza servir de incentivo para que outras escolas e colégios de todo o Paraná que ainda não conhecem o trabalho dos deputados, venham a conhecer e ter uma noção melhor do que é a atividade parlamentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *