Projeto “ALERTA AMBER” é Aprovado na Assembleia

O projeto de lei 23/2015, de minha autoria, aprovado no ano passado e que virou Lei em 2017, está ajudando em muito o processo de recuperação de pessoas desaparecidas, criando em todo o Estado o sistema “Alerta Amber”.

Com a implementação da lei, emissoras de rádio, televisão e sites ligados a instituições públicas do Paraná deverão veicular alerta com nome e imagens de desaparecidos e também contatos para eventuais denúncias e prestação de informações, com a intenção de que, no momento em que se constate o desaparecimento de um menor de idade, os meios de comunicação, especialmente aqueles ligados ao Poder Público divulguem imediatamente esta informação.

O “Alerta Amber” foi criado a partir do caso da americana Amber Hageman que foi sequestrada em 1.996 no Texas. Um vizinho viu a ação do sequestrador e imediatamente denunciou o caso à polícia. Com a experiência foi criado um plano de emergências que é usado no registro de sequestros de crianças, e esse método ajuda a não só evitar casos como esse, mas também proporciona a chance de uma localização mais rápida, logo que for detectado o sumiço de uma criança ou qualquer pessoa.

No Brasil, todo ano são registrados milhares de casos de desaparecimento de crianças e a maioria, infelizmente, sem solução e até o ocorrido chegar as autoridades já se configurou o crime e muitas vezes essa criança já está em outros estados ou países, dificultando a localização. Com a aprovação deste projeto, espero que ele possa dar sua contribuição para diminuir o número de desaparecimentos e também colaborar de forma significativa na elucidação dos casos já ocorridos.

Visando trazer mais recursos a sociedade como um todo e usar a tecnologia a favor da sociedade e, principalmente, das crianças e adolescentes que apresentei a proposta que hoje é lei estadual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *