A ressurreição da filha de Jairo

“Falava ele ainda, quando veio uma pessoa da casa do chefe da sinagoga, dizendo: Tua filha já está morta, não incomodes mais o Mestre. Mas Jesus, ouvindo isto, lhe disse: Não temas, crê somente, e ela será salva. Tendo chegado à casa, a ninguém permitiu que entrasse com ele, senão Pedro, João, Tiago e bem assim o pai e a mãe da menina. E todos choravam e a pranteavam. Mas ele disse: Não choreis; ela não está morta, mas dorme. E riam-se dele, porque sabiam que ela estava morta. Entretanto, ele, tomando-a pela mão, disse-lhe, em voz alta: Menina, levanta-te! Voltou-lhe o espírito, ela imediatamente se levantou, e ele mandou que lhe dessem de comer. Seus pais ficaram maravilhados…” Lucas 8:49

Jesus deixou muito claro quando afirma em sua palavra que no mundo teríamos aflições, mas que tivéssemos bom ânimo porque Ele venceu o mundo. Fazendo-nos crer que se nossa vida e fé estiver depositada Nele, automaticamente ao mantermos essa confiança em suas promessas venceríamos também toda e qualquer dificuldade. O exemplo claro está nesta passagem em que o Senhor Jesus foi procurado por uma pessoa importante da sociedade da época, ele era um mestre ou chefe da sinagoga, uma pessoa influente, conhecida, de status, mas que enfrentou uma dificuldade que mesmo com todo seu conhecimento e influência, não foram suficientes para livrá-lo daquela calamidade, esta é a primeira lição que o Espírito Santo nos dá, pois há momentos da vida que apesar da sua escolaridade, condição social, econômica, fama ou qualquer outro predicado que possua, não o impedem de ficar desnorteado e sem ação para reagir diante das dificuldades que surgem.

Aquele homem teve que recorrer a única pessoa que poderia socorrê-lo, o Senhor Jesus, que de pronto foi ter com a menina que estava comprovadamente morta, as pessoas já tinham testificado o óbito da criança, mas o Senhor Jesus foi na contra-mão daquela situação, quando nossa fé está em Deus, muitas das vezes nós temos que ir na contra mão de tudo e de todos, ainda que o diagnóstico da doença seja de incurável, o mercado financeiro diga que é irreversível a sua situação econômica e ainda que a pessoa que você ama tenha lhe abandonado e afirmado que jamais voltará para seus braços, é nessa hora que a voz da fé tem que fazer calar o grito do mundo.

Diz a Bíblia que o Senhor Jesus vacinou aquele chefe da sinagoga dizendo que ele não levasse em conta as palavras negativas, contrárias a fé do seu coração, porque este homem acreditava que Jesus pudesse ajudá-lo, independente de qual fosse a situação. O Senhor Jesus chegando a casa não deixou ninguém entrar até o recinto que estava a criança, se não, os pais da criança, Pedro, João e Tiago, que eram os apóstolos mais chegados, mais próximos a Ele.

Como se tratava de uma situação extremamente delicada, perceba que Ele não entrou com os doze que lhe seguiam, mas selecionou aqueles, penso eu, que acreditariam o suficiente para não atrapalhar a manifestação do poder de Deus, porque Deus pode todas as coisas, ele só não pode se houver em nosso coração a dúvida.

Enquanto todos choravam, Jesus até tentou levar-lhes aquela visão de fé, afirmando que a menina não estava morta, só que eles surpreendentemente pararam de chorar e zombaram Dele, eu acredito que muitos dos que ali estavam chorando, estavam apenas para cumprir o protocolo, se quer as lágrimas eram sinceras, porque fora muito rápido a mudança de comportamento do pranto ao riso. Então Jesus pediu que elas saíssem. Quando Deus não vê em nós um coração convicto em suas promessas é terminantemente impossível que Deus encontre espaço para agir e operar o milagre em nossas vidas.

Diz a palavra de Deus que Ele tomando a menina morta pela mão, em alta voz, Ele não foi tímido em sua fé, fez questão que as pessoas vissem e ouvissem que Ele estava absolutamente possuído de uma certeza, Ele disse: menina levanta-te, ele agiu como se a menina de fato e de verdade estivesse apenas dormindo. A fé que Deus espera encontrar em nós é exatamente esta, acompanhada de atitudes, onde você comporte-se como se o milagre já tivesse acontecido, inclusive o Senhor Jesus em outra feita, deixou bem claro dizendo que tudo que pedíssemos deveríamos crer que já recebemos, foi justamente por esta razão que se operou o milagre e a menina levantou.

Meu amigo, minha amiga, quando estamos diante de um problema, de uma dificuldade seja ela qual for, mais do que expressar a fé com palavras é agir comportando-se como quem já alcançou aquilo que pediu. É impossível que Deus não responda e que você não obtenha a graça Daquele que não falha, pois passará o céu e a terra, mas as palavras Dele não passarão.

Pense nisso e que o Espírito Santo fale mais alto e claro em seu coração.

1 thought on “A ressurreição da filha de Jairo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *