3 Títulos de Utilidade Pública do Mês de Janeiro

Como faço sempre questão de lembrar, a concessão de um título de Utilidade Pública nada mais é que o reconhecimento da excelência do trabalho realizado por instituições em ramos diversos de nosso dia a dia nos mais variados segmentos.

Dentro do trabalho realizado com estas instituições e acompanhando a importância de suas ações, destaco aqui mais 3 entidades beneficiadas pela lei, indicadas por mim, e que foram agraciadas com o título, o que lhes dá condições para poderem realizar um atendimento ainda melhor, e tornar ainda mais eficiente o trabalho prestado e voltado a comunidade.

Estas 3 entidades receberam suas titulações no mês de janeiro, em anos diferentes, mas todas completando neste mês o aniversário desta conquista tão importante para o funcionamento destas entidades. São elas: a Associação Internacional de Impactos Culturais aqui de Curitiba, a Associação Beneficente Evangélica de 4 Barras, na Região Metropolitana de Curitiba, e também o Centro de Desenvolvimento Integral Recanto Esperança, que recebeu seu título em 2010.

São instituições com finalidades diferentes, mas todas prestando um serviço de ótima qualidade, fazendo jus ao título que lhes permite melhorar o atendimento, reconhecendo sua importância e sua contribuição à sociedade. Ao longo dos meus 5 mandatos, tenho procurado premiar entidades localizadas em todo o Paraná, e também acompanhar o trabalho e poder ajudar para que um número cada vez maior de pessoas possam ser beneficiadas e usufruir do trabalho que presta cada uma destas entidades.

Além destas concessões de “Utilidade Pública” também destaco o título de “Cidadão Honorário” concedido à Dante Mendonça e um dos projetos de lei de minha autoria que considero um dos mais importantes propostos por mim, que foi a Lei dos Cardápios em Braile, lei 18.419 de janeiro de 2007.

Lei 16646/10 – Centro de Desenvolvimento Integral Recanto Esperança

Lei 13105/01 – Utilidade Pública a Associação Beneficente Evangélica de Quatro Barras – ABEQ

Lei 13475/02 – Associação Internacional de Impactos Culturais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *