Há poder em suas palavras

“Na quarta vigília da noite, foi Jesus ter com eles, andando sobre o mar. Os discípulos, porém, ao vê-lo andando sobre o mar, assustaram-se e disseram: É um fantasma. E gritaram de medo. Jesus, porém, imediatamente lhes falou, dizendo: Tende bom ânimo! Sou eu; não temais! Respondeu-lhe Pedro: Senhor! Se és tu, manda-me ir ter contigo sobre as águas. E ele disse: Vem! Pedro, descendo do barco, e andando sobre as águas, foi ao encontro de Jesus. Reparando, porém, na força do vento, teve medo; e, começando a submergir, gritou: Salva-me, Senhor! Imediatamente estendeu Jesus a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste? E logo que subiram para o barco, o vento cessou”. Mateus 14:25-32

ELE NUNCA VOS DEIXARÁ SOZINHOS
A exemplo do que acontece em nossos dias e em nossas vidas, quando somos pegos de surpresa por situações aparentemente sem solução é inevitável pensar que fomos abandonados por todos, por Deus inclusive, porém com essa passagem aprendemos que Ele jamais nos abandona.
A Bíblia Sagrada nos ensina muito ao descrever o exato momento em que os discípulos do Senhor Jesus enfrentaram a mais terrível das situações, estavam sozinhos sem o seu Senhor, em uma difícil viagem, numa embarcação fragilizada pela pior tempestade já vista pelo homem.
Sempre que, nos momentos tempestuosos da vida, nos sentimos perdidos e sem saída, o Senhor Jesus estará perto e pronto para nos ajudar e a todos aqueles que chamarem por seu nome: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações”. Salmos 46:1

HÁ PODER EM SUAS PALAVRAS
Quando iniciamos a leitura da Bíblia pelo seu primeiro livro, o livro de Gênesis, nos surpreendemos com um fato muito curioso, Deus cria todas as coisas apenas com o poder de sua palavra (ver Gênesis 1:1-25), com sua precisão Divina todas as coisas visíveis e invisíveis aos olhos do ser humano são perfeitamente criadas, do nada, pelo poder da palavra. Vemos isso repetidas vezes ao longo dos textos bíblicos, como por exemplo nesse texto o Senhor Jesus, ao dirigir-se a Pedro, disse apenas “vem” e mesmo sendo humanamente impossível, Pedro imediatamente andou sobre as águas.

Quando ouvimos e damos ouvidos a voz de Deus, somos capazes de sobrepor a toda e qualquer dificuldade por mais gigantesca que possa ser aos nossos olhos. Mesmo que tudo e todos os que estão ao nosso redor afirmem que não há solução para os problemas, para a vida como um todo, ao darmos atenção apenas ao que diz a Palavra de Deus, sem reparar nas ondas de dificuldades ou nos ventos das adversidades, a nossa fé nessa Palavra produzirá condições para que cada um dos problemas que nos atormentam sejam superados.

A DÚVIDA
Finalmente a mais importante lição extraída dessa passagem diz respeito ao nosso comportamento em relação às promessas de Deus, mesmo se possuirmos uma grande fé em Deus e em suas palavras a dúvida não pode ocupar nenhum espaço do nosso coração, fé e dúvida não combinam.

Tudo ia bem, ninguém mais lembrava-se da tempestade, Pedro andava sobre as águas revoltas sem dificuldade alguma, aquela situação já não representava uma ameaça, tudo estava debaixo de seus pés, sob controle, até o momento que “Reparando, porém, na força do vento, teve medo…” ao que afirmou o Senhor Jesus “por que duvidaste?” tudo ia absolutamente bem, até o momento que seu discípulo reparou mais no vento, mais nas ondas, reparou nas circunstâncias que lhe cercavam, colocando mesmo que, inconscientemente, em dúvida o poder das palavras do Senhor Jesus.

Pense nisso e que o Espírito Santo fale ainda mais ao seu coração.

Forte abraço e que Deus te abençoe abundantemente.