O combustível propulsor da fé

Mensagem do Dep. Pr. Edson Praczyk em 25/09/2009

“Que diremos, pois, à vista destas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas?”(Romanos 8:31,32)

Lembro-me da primeira vez que eu ouvi essa mensagem, lembro também do pastor que a pregou, era o início da minha conversão, a mensagem me surpreendeu embora tudo aquilo fosse muito obvio e elementar, na prática senti o cumprimento da promessa: “conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”(João 8:32).

Sabiamente o Espírito Santo fala da relação entre pai e filho, mesmo aqueles que não são pais conseguem nesta linha de raciocínio compreender que nada é mais importante para um pai do que o seu filho; se nós cheios de imperfeições, limitações e defeitos enquanto pais nada consideramos mais precioso do que os filhos, para Deus Pai então muito mais valiosa é a figura do filho, principalmente porque tratava-se do seu Unigênito.

Por amor a nós, para garantir vida digna e plena, Deus Pai não mediu esforços a ponto de abrir mão do que possuía de mais valioso o seu Filho; a partir daí entendemos que nada absolutamente pode nos ser negado por Ele, todas as demais coisas sempre terão menor valor, é indispensável para prática de uma fé de resultados, ter esse entendimento, ou seja, se o mais valioso não foi poupado tão pouco Ele negará qualquer um dos nossos pedidos por uma vida abundante de bênção físicas, familiares, financeiras, espirituais e sentimentais.

A certeza de Deus querer mais do que nós a realização do milagre, deve ser o combustível propulsor da fé que nos levará a tudo que precisarmos; infelizmente nem todos, mesmo os que dizem crer em Deus acreditam assim, razão pela qual há os que acreditam que o Senhor Jesus salve suas almas do inferno mas carregam dúvidas que ainda hoje Ele cure suas doenças, outros crêem na cura divina mas na quesito prosperidade possuem dúvidas, que a bênção financeira seja derramada mas que a transformação de um familiar se realize.

Espero em Deus que ao ler esse texto fique claro, que temos o direito a todas as mais de oito mil promessas bíblicas, por terem sido dadas juntamente com a entrega de seu Filho e tão somente caberá a nós requerer, reivindicar essa maravilhosa graça.

Pense nisso e que o Espírito Santo fale ainda mais em seu coração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *